CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MÉDICA
PSIQUIATRIA GERAL
Dinâmica
TEÓRICO E PRÁTICO
Carga Horária
728 h/a
Duração
18 Módulos Mensais + 06 módulos de TCC
investimento
Inscrição: R$900,00. Pagamento: 24 x R$2.900,00

Coordenadores

Iso Jorge Teixeira

Brasileiro, nascido em 23/04/1944, graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense (UFF), em 16/12/1970. Inscrito no CREMERJ, N.º 52-14472-7.

Título de Psiquiatra pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e Associação Médica Brasileira (AMB), em 20/07/1974.

Livre-Docente de Psicopatologia e Psiquiatria pela Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), habilitado nas provas em abril/1989. Professor da FCM/UERJ desde 1976, passando à categoria de Professor-Adjunto da FCM/UERJ a partir de 24/08/1990.

Aposentado conforme portaria número 344/2014 de 15-4-2014.

Experiência Acadêmica e Profissional:

  • HABILITAÇÃO À LIVRE-DOCÊNCIA EM PSIQUIATRIA E PSICOPATOLOGIA
  • CARGO DE PROF. ADJUNTO DA UERJ
  • COORDENADOR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA DA FCM/UERJ

Corpo Docente

Iso Jorge Teixeira

  • Livre-docente.

Mário Clebes Silva

  • Título de Psiquiatra.

Walter Camargos Júnior

  • Mestre em Ciências da Saúde

Abel Cordeiro de Souza Filho

  • Título de Psiquiatria

Carlos Dumas Gomes

  • Mestre em Educação UNINCOR

Victor Rodrigues Mera de Souza

  • Residência Médica em Psiquiatria

Bruno Luz Morais

  • Título em Psiquiatria

Annibal Truzzi

  • Mestre e Doutor em Psiquiatria pela UFRJ, Doctor Fellow pela Universidade de Oslo

Felipe Kenji Sudo

  • Médico Psiquiatra, Mestre em Psiquiatria pela UFRJ, Doutorando em Psiquiatria pela UFRJ, títulos de Psiquiatria e Psiquiatria Geriátrica pela ABP.
DESCRIÇÃO

A Psiquiatria é uma especialidade médica que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, com manifestações psicológicas severas. A meta principal da presente especialidade é o alívio do sofrimento e o bem-estar psíquico. Para isto, é necessária uma avaliação completa do paciente, com perspectivas biológica, psicológica e de ordem cultural, entre outras afins. Uma doença ou problema psíquico pode ser tratado com medicamentos ou terapêuticas diversas, como a psicoterapia, prática de maior tradição no tratamento. Por outro lado, a avaliação psiquiátrica envolve o exame do estado mental e a história clínica. Testes psicológicos, neurológicos, neuropsicológicos e exames de imagem podem ser utilizados como auxiliares na avaliação, assim como exames físicos e laboratoriais. Os procedimentos diagnósticos são norteados a partir do campo das psicopatologias, sendo que os medicamentos psiquiátricos são parte importante do arsenal terapêutico. Os serviços psiquiátricos podem fornecer atendimento de forma ambulatorial ou em internamento. Em casos de sofrimento grave do paciente e risco para si e para os outros que o cercam, a indicação de internação pode até ocorrer de forma involuntária. Tanto a clínica quanto a pesquisa em psiquiatria são realizadas de forma interdisciplinar.

OBJETIVOS

Estimular o pensamento crítico e as estratégias de tomada de decisão através de um curso teórico e prático, com a participação ativa dos alunos em todos os cenários; individualizar o ensino, procurando atender às demandas específicas de cada aluno no contexto de sua atuação assistencial.

Programa do Curso
  • Introdução à Semiologia Psiquiátrica.
  • Definição da Psicopática e suas inter-relações com a Psiquiatria, Psicanálise, Medicina etc.
  • A consciência e suas alterações.
  • A atenção e suas alterações.
  • A orientação e suas alterações.
  • Alterações das vivências temporais e espaciais.
  • A consciência do eu e suas alterações.
  • A sensopercepção e suas alterações.
  • A memória e seus distúrbios.
  • A afetividade e suas alterações.
  • A vontade e a psicomotricidade e seus transtornos.
  • As grandes síndromes psiquiátricas.
  • Os transtornos do sono nas patologias psiquiátricas.
  • Psicopatologia das epilepsias nas manifestações agudas e crônicas.
  • Psicopatologia das síndromes orgânico-cerebrais agudas.
  • Psicopatologia das síndromes orgânico-cerebrais crônicas.
  • A impulsividade e a agressividade dos chamados psicopatas antissociais.
  • A psicopatologia das esquizofrenias.
  • A psicopatologia do Transtorno Afetivo Bipolar.
  • O suicídio com e sem doença mental.
  • Psicopatologia nos vários tipos de demência.
  • Classificação dos transtornos mentais (antigas e contemporâneas).
  • Transtornos mentais-cerebrais agudos.
  • Transtornos mentais orgânicos-cerebrais crônicos.
  • Transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substância psicoativa.
  • Epilepsias: aspectos neuropsiquiátricos.
  • Transtornos psicóticos agudos e transitórios e transtornos delirantes persistentes (paranoia e parafrenias).
  • Transtornos do humor (afetivos) e transtorno esquizoafetivo.
  • Transtornos fóbico-ansiosos, do pânico e da ansiedade generalizada.
  • Transtorno obsessivo-compulsivo.
  • Reação a estresse grave e transtorno do ajustamento.
  • Transtornos dissociativos (ou conversivos) e somatoformes.
  • Neurastenia e síndrome de despersonalização.
  • Transtornos de personalidade.
  • Transtornos alimentares.
  • Transtornos não-orgânicos do sono.
  • Disfunções sexuais não causadas por transtorno ou doença orgânica.
  • Transtorno da sexualidade.
  • Retardo mental.
  • Transtornos de hábitos e impulsos.
  • Emergências psiquiátricas.
  • Psiquiatria nos Hospitais Gerais – a equipe multidisciplinar.
  • Transtornos específicos do desenvolvimento da fala e linguagem e das habilidades escolares.
  • Transtornos invasivos do desenvolvimento (autismos, Rett, Aperger, etc.)
  • Transtornos hipercinéticos e da conduta.
  • Transtornos emocionais e de funcionamento social com início específico na infância.
  • Transtorno de tique (síndrome de TOURETTE etc.) e outros transtornos emocionais e de comportamento da infância.
  • Tratamentos biológicos antigos e atuais.
  • Princípios gerais de psicofarmacologia e classificação dos psicofármacos.
  • Orientações para a Monografia.